5 curiosidades e uma dica para entender melhor o Paraguai

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Praça Central Espaço do Lago de La República em Ciudad Del Este

Independentemente de qual seja o motivo de sua viagem, separamos no texto abaixo 5 curiosidades e uma dica que podem lhe ajudar a entender melhor o Paraguai e os paraguaios. 

Mesmo que durante sua estadia em Foz do Iguaçu, seu único motivo para ir ao Paraguai seja para fazer compras, saber um pouco mais sobre o país pode lhe ajudar a ter uma experiência cultural muito mais ampla e até mesmo lhe incentivar a se aventurar para além do microcentro de compras de Ciudad Del Este.

1 – O Paraguai não possui saída para o mar

O Paraguai faz fronteira com Brasil, Bolívia e Argentina. No Leste, o Brasil é o país de trânsito para se chegar ao Atlântico. A Oeste, a Bolívia e Argentina são caminhos para se chegar ao Chile e ter acesso ao Pacífico.

As tentativas de obter acesso ao mar, inclusive, são apontadas como uma das principais causas da participação do Brasil no mais longo e violento conflito em que já se envolveu, “a Guerra do Paraguai” (1864 – 1870). 

 

2 – O Paraguai já possuiu um território maior

Antes da Guerra do Paraguai, o país ocupava um território bem maior. O Paraguai perdeu entre 25% e 33% de seu território para a Argentina e o Brasil após ser derrotado pela Tríplice Aliança. Posteriormente, o país foi forçado a pagar uma enorme dívida de guerra e vender grandes quantidades de propriedades nacionais para restaurar seu orçamento interno.

 

3 – A região sudeste do Paraguai é a mais habitada

A população paraguaia foi estimada em cerca de 7,1 milhões de habitantes em 2019. A maioria dos habitantes estão concentrados na região sudeste do país e destes, cerca de um terço vive na capital. 

 

4 – Assunção é a capital federal do Paraguai

Assunção está localizada junto à  margem esquerda do Rio Paraguai. Do outro lado da margem do rio Paraguai é possível se ver a Argentina, cuja cidade fronteiriça mais próxima se chama Clorinda.

Assunção também é chamada  de “Mãe das Cidades”, pois durante o período de domínio espanhol, foi de lá que partiram várias expedições com o intuito de fundar outras cidades do cone sul-americano. A própria cidade de Buenos Aires, hoje capital da Argentina, foi fundada por uma expedição que se originou em Assunção.

Durante um longo período, a Argentina e o Paraguai eram um só, tendo sido governados conjuntamente até 1620. Pouco tempo depois de a Argentina proclamar sua independência dos espanhóis, o Paraguai fez o mesmo, se separando da Argentina, através de sua declaração de independência em 14 de maio de 1811.

Uma peculiaridade da independência do Paraguai: No território da América Hispânica (o lado espanhol do Tratado de Tordesilhas) ela foi a única que ocorreu pacificamente. Os espanhóis acabaram se rendendo aos rebeldes, que eram numéricamente superiores, sem oferecer resistência. Naquele momento, boa parte das tropas espanholas estava muito distante e os reforços mais próximos que teriam de vir da região do Rio da Prata.

 

5 – A língua nativa do país é chamada de guaraní e esse também é o nome da moeda oficial do país

Cédula de 100 mil guaranies

Não, você não vai precisar aprender esse idioma para se comunicar com os paraguaios. O Paraguai possui duas línguas oficiais estabelecidas em sua Constituição, o guaraní e o espanhol. O guaraní já era utilizado antes da chegada dos espanhóis à região e o espanhol… bem, já deu pra entender, né? 

No Paraguai, grande parte da população indígena recusou-se a aprender o espanhol, fazendo com que os governadores imperiais aprendessem o guarani.

O idioma nativo, porém, foi banido do sistema educacional durante grande parte da longa ditadura do general Alfredo Stroessner (1954-89). Neste período, os paraguaios experimentaram não só o ápice da violência física, mas também da violência cultural (notadamente linguística).  O guaraní só voltou a ser ensinado a partir de 1992 quando foi reconhecido pelo governo paraguaio como um dos dois idiomas oficiais da nação. Na atualidade, cerca de 70% da população paraguaia é considerada bilíngue.

Como moeda, o guaraní não foi a primeira unidade monetária a circular pela República do Paraguai. Um século antes (102 anos, para ser mais específico), em 1845, Carlos Antonio López inseriu no regime monetário do país o Peso Paraguaio, porém, o Guarani é considerado hoje a moeda mais antiga em circulação da América Latina.

Em 5 de outubro de 1943, durante o governo de Higinio Morínigo, através do Decreto 655, foi criado o Guarani, a moeda que estabeleceu o atual regime monetário da República do Paraguai.

Desde a sua criação, o Guarani acumula uma inflação (perda de poder de compra) superior a 300.000%. Por esse motivo, zeros foram adicionados ao Guarani original ao longo dos anos, fato que acabou tornando ela uma das moedas com mais zeros no mundo. Apesar disso, e de um projeto de conversão proposto pelo Banco Central do Paraguai (BCP), nenhum único zero jamais foi eliminado. 

 

Uma Dica – Agora que você se interessou pela história e pela cultura, temos uma dica

Uma Dica: Descubar e entenda melhor o Paraguai com o City Tour Ciudad Del Este
Foto: Rafael Guimarães

Com belas paisagens naturais, mistura de cultura europeia e indígena, duas línguas oficiais e sua arquitetura colonial, o Paraguai é um ótimo lugar para explorar a natureza, a história e a cultura da América Latina. E para iniciar, você nem precisa ir até a capital, Assunção.

Em Ciudad Del Este você pode fazer um verdadeiro mergulho na história, gastronomia e cultura paraguaia com o City Tour Ciudad Del Este, serviço operado por uma agência local, com guias que falam espanhol e portugues e que você pode contratar através da Loumar Turismo

Nós já falamos sobre o City Tour de Ciudad Del Este aqui no Blog e você também pode conferir um vídeo sobre ele no Canal da Loumar no Youtube. Se você curtiu as 5 curiosidades sobre o Paraguai, vai amar seguir essa dica que vai lhe apresentar ainda mais curiosidades e muitas informações sobre os nossos vizinhos. 

 

Canal da Loumar no Youtube