7 coisas para fazer de graça em Foz do Iguaçu

1 – Marco das 3 Fronteiras

O Marco das 3 Fronteiras em Foz do Iguaçu permite uma vista panorâmica da tríplice fronteira. Você pode observar a foz do rio Iguaçu e notar a diferença entre o caldal dos rios Iguaçu e Paraná.

Marco das 3 fronteiras

Foto: Clarissa Donda

2 – Templo Budista

O Templo da Budista de Foz do Iguaçu está entre os maiores da América Latina. O local apresenta uma arquitetura incrível. Entre as centenas de estátuas do Buda o que mais chama a atenção é o Maitreya, o Buda da Felicidade, que está de frente para Ciudad del Este/Py.

Templo Budista Foz do Iguaçu

3 – Gramadão da Vila A

Um parque incrível localizado na região norte de Foz do Iguaçu. Proporciona academia ao ar livre, uma concha acústica para shows, pista de caminhada e ciclovia. Aproveite o grande gramado verde para jogar queimada ou empinar pipa, além de proporcionar uma incrível vista para o pôr do sol e Ciudad del Este.

Gramadão em Foz do Iguaçu

4 – Mesquita Islâmica

Outro lugar para se encontrar com Deus, ou com Alá, “o misericordioso”, como é chamado na religião islâmica, é o templo dos muçulmanos sunitas em Foz. Admire a arquitetura oriental e os arabescos em seu interior. Impossível ir embora de Foz do Iguaçu sem uma selfie no local.

Mesquita Islamica de Foz

5 – Cognópolis

A Conscienciologia é uma nova ciência, fundada em Foz do Iguaçu pelo cientista Waldo Vieira. Waldo ficou extremamente conhecido no Brasil nos anos 90, quando apareceu em programas de auditório falando sobre experiências fora do corpo. Hoje, Waldo comanda centenas de pessoas que estão no Centro de Altos Estudos da Consciência (CEAEC) em Foz. O mega complexo ainda dispõe de auditórios e bibliotecas, com destaque para uma das maiores coleções de gibi do mundo! Vale muito a pena a visita.

conscienciologia em Foz

Foto: Divulgação

6 – Espaço Memória das Cataratas

Um espaço permanente de resgate da memória das Cataratas do Iguaçu foi montado na recepção de visitantes do Parque Nacional do Iguaçu. Vale a pena pela experiência de ver fotos memoráveis, como o famoso “Tarzan das Cataratas”, um dos primeiros guias de turismo de Foz do Iguaçu, que levava os turistas muito próximos das quedas.

Espaço da Memória das Cataratas

Foto: PNI

7 – Bosque Guaraní

O Bosque Guaraní funciona como um refúgio natural bem no centro comercial de Foz do Iguaçu, do ladinho do Terminal de Transporte Urbano. É ótimo para relaxar um pouco em meio a mata.

Bosque Guarani

Foto: Clickfoz

 

Alguns destes atrativos citados fazem parte do City Tour de Foz do Iguaçu, o único da região e operado pela Loumar Turismo.

Para ficar por dentro de dicas sobre a região, acompanhe o nosso Grupo Aberto no Viber, veja como participar: chats.viber.com/fozdoiguacu.

 

ATENDIMENTO-VIA-WHATS

BANNE-DICAS

3 comments

  • Lauro Roberto Hoff

    Excelente comentário sobre o CEAEC, do Claudio Costa L. Monteiro. Gostei.
    Pretendo visitá-lo-O CEAEC- em breve.
    Parabéns pessoal do BLOG DA LOUMAR.
    Matéria muito boa. Conheço os seis pontos “FREE” de Foz. Me falta justo o CEAEC.
    Desejo LONGA VIDA P/ LOUMAR.

  • Que matéria incrível, parabéns pela criatividade e pelo “pulo do gato” da Loumar turismo, sem dúvida uma referência mais que especial em termos de turismo para TRIFRON…

    vale destacar:

    na condição de voluntário-pesquisador da Cognópolis sugiro algumas alterações na matéria…

    1- Incluir o 8o item…colocar a Aléia dos Gẽnios da Humanidade na Rua da Cosmoética, são 200 bustos ao lado do Hotel mabu Interludium;

    2- esclarecer que a Conscienciologia nasceu em 1985 com o Lançamento de uma obra e dos seus leitores: “Projeciologia – Panorama de experiencias fora do corpo” – livro que sairia pela Editora Record, mas pelo fato de representar uma ameaça ao paradigma cientifico e religioso vigente saiu por editora própria a Editares. estas neociências nasceram no Rio de Janeiro, e deixaram muitos colaboradores lá que sempre aparecem e onde também existem cursos de Conscienciologia, bem como em várias outras cidades do Brasil e do mundo.

    3- Sou voluntário pesquisador desde 1996 e junto com mais de 800 pessoas me mudei para Foz do Iguaçu para compartilhar, aprofundar e dar continuidade ao projeto do Médico, Odontólogo e Lexicólogo: Prof. Waldo Vieira.

    4- O CEAEC tem apenas uma biblioteca e várias outras tecas, que são coleções como coleção de enciclopédia, de miniaturas, mapas, gibis, compondo mais de 300 coleções….que consolidam o que se chama de Holoteca.

    5. A cognópolis pode ser dividida em 2: o discernimetum, onde tem dinâmicas bioenergéticas gratuitas na ASSIPI e várias outras instituições com cursos, que é o que sustenta todo esse complexo e o próprio centro de altos estudos da Conscienciologia. Ainda vale esclarecer que Conscienciologia e Cientologia não tem nada a ver, antes que perguntem…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *