Cataratas do Iguaçu: Melhor pelo Brasil ou pela Argentina?

Você conhece as Cataratas do Iguaçu? Claro! E se você está buscando uma boa opção de turismo com muitas opções de passeios ao ar livre e contato com a natureza mas não abre mão da comodidade e da estrutura de hospedagem que as grandes cidades podem oferecer, seu destino é Foz do Iguaçu…

Obviamente, se você chegou a esse texto, provavelmente já desconfiava que sim, Foz do Iguaçu é o próximo destino que você deve visitar. Entretanto, sempre há espaço para dúvidas, principalmente quando iniciamos uma pesquisa sobre as Cataratas do Iguaçu, uma das sete novas maravilhas da natureza, que pode ser acessada por Foz do Iguaçu, sendo inclusive um dos seus principais atrativos, mas que também pode ser acessada pela cidade de Puerto Iguazú, município da província de Misiones, na Argentina.

Cataratas do Iguaçu (vista do lado Brasileiro)

Existem duas Cataratas do Iguaçu? Uma no Brasil e outra na Argentina?
Não, a Cataratas é uma só, e se chama Cataratas do Iguaçu porque está no Rio Iguaçu, um dos rios que demarca a fronteira entre Brasil e Argentina desde outubro de 1898, quando uma comissão mista, formada de brasileiros e argentinos finalizou um tratado que foi assinado por Dionísio Cerqueira enquanto ministro das relações exteriores (1896-1898).

 

Vista aérea Cataratas do Iguaçu – Garganta do Diabo entre Brasil e Argentina

As Cataratas do Iguaçu é formada por cerca de 275 quedas (pode variar de acordo com a vazão média do rio) e está dentro do Parque Nacional do Iguaçu (pelo lado brasileiro) e Parque Nacional Iguazú (pelo lado argentino). Os parques sim, são dois, embora fáceis de se confundir, já que utilizam o mesmo nome.

Pelo lado brasileiro, o Parque Nacional do Iguaçu foi criado em 10 de janeiro de 1939, possui 185.262,5 hectares, está dentro dos municípios de Céu Azul, Foz do Iguaçu, Matelândia, São Miguel do Iguaçu e Serranópolis do Iguaçu e é administrado atualmente pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

Pelo lado argentino, o Parque Nacional Iguazú foi criado em 8 de outubro de 1934, possui 67.620,00 hectares, está dentro da província de Misiones e é administrado pela Administración de Parques Nacionales.

Vantagens pelos dois lados das Cataratas do Iguaçu

Embora o parque brasileiro seja quase 3 vezes maior em extensão que o parque argentino, cerca de 80% das 275 quedas que formam as Cataratas do Iguaçu se encontram dentro do território argentino, ou seja, no Parque Nacional Iguazú.

Mas se você chegou a pensar que isso representa uma desvantagem para o lado brasileiro do parque, saiba que, justamente por conta da maioria das quedas estar do lado argentino, é que o lado brasileiro é considerado aquele que proporciona a melhor visão das quedas.

Em contrapartida à melhor visão das quedas, oferecida pelo lado brasileiro, o lado argentino oferece extremo contato com a natureza. Enquanto a trilha que leva ao mirante das Cataratas pelo lado brasileiro tem pouco mais de 1.250 metros, do lado argentino, o conjunto de trilhas que levam a diversos pontos de observação das quedas soma mais de 11.000 metros de extensão. 

Cataratas do Iguaçu (vista desde o lado Argentino)

No quesito acesso, o lado brasileiro leva vantagem novamente. A entrada do Parque Nacional do Iguaçu está localizado a cerca de 17km de centro de Foz do Iguaçu e a 5km do Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu e não é necessário nenhum trâmite de imigração para chegar até lá.

Já a entrada do Parque Nacional Iguazú, se encontra a cerca de 7km do centro de Puerto Iguazú, porém, de Foz do Iguaçu até o parque, são cerca de 27km, e quem decide visitar o lado argentino terá que fazer os trâmites migratórios em pelo menos uma das alfândegas, ou, dependendo da nacionalidade e da idade, até mesmo nas duas.

Do lado brasileiro, o visitante conhece as trilhas de um ponto de vista diferente, vislumbrando-as de uma forma mais panorâmica, tendo a visão do todo. Do lado argentino, o visitante, hora caminha sobre as àguas, hora está caminhando lateralmente às quedas. 

A única forma de chegar até a Garganta do Diabo, uma das maiores e mais famosas quedas que compõem as Cataratas do Iguaçu, é pelo lado argentino. Pelo lado brasileiro, é possível apenas avistá-la. 

 

Entrada da trilha da Garganta do Diabo nas cataratas do lado Argentio

Qual dos dois lados das Cataratas do Iguaçu deve se visitar, afinal?

Podemos afirmar, com conhecimento de causa, que não há “lado melhor ou pior”. Ambos os parques oferecem experiências distintas que juntas, se complementam e formam uma experiência única.

Está com tempo sobrando e tem espaço em seu roteiro? Faça os dois lados!

Mas se você tiver mesmo que escolher apenas um, veja aquele que se encaixa melhor no seu roteiro.

Se você está com pouco tempo, e quer ter mais tempo para outros atrativos, a melhor opção para você é o lado brasileiro, conhecendo as Cataratas pelo Parque Nacional do Iguaçu.

Como as trilhas são bem menores, é possível conhecer as famosas quedas em pouco mais de 3 horas. Mas lembre-se, existem outras trilhas e passeios que podem ser feitos à partir do lado brasileiro. Entre elas, Trilha das Bananeiras, Trilha do Poço Preto e Macuco Safari.

O lado argentino é grande o suficiente para se cogitar dividir a visita, usando até dois dias para isso. Há sim a possibilidade de fazê-lo em apenas um dia, mas reserve o dia todo apenas para isso, já que entre deslocamento, trâmites aduaneiros e passeio, leva-se facilmente mais de 6 horas.

Ônibus que levam os turistas até as trilhas das Cataratas do Iguaçu lado Brasileiro

Seja lá qual lado escolher, tenha certeza que terá uma experiência única e inesquecível. Foz do Iguaçu oferece estrutura turística e opções para agradar todos os perfis de turistas, mas se você gosta de contato com a natureza, não deixe se separar um bom tempo para conhecer o Parque Nacional do Iguaçú e do Iguazú, e não esqueça também do Parque das Aves e do Aguaray Eco Esportes.

No próximo texto, a gente volta com mais dicas de passeios em meio a natureza. Se você tem amigos que também curtem esse tipo de passeio, não esqueça de compartilhar isso com ele. Até mais ;-)

Não conhece ainda o lado argentino das Cataratas? A Loumar Turismo, em parceria com os guias da Iguassu City Tour promoveu uma live com um Tour Virtual pelo lado argentino das Cataratas. Se você quer saber mais sobre o esse passeio, assista:

 

Para reservar esses e outros passeios em Foz converse com um dos Especialistas em Foz do Iguaçu.

 

One comment

  • Waldemar Lima Pereira

    Estive nas cataratas do Iguaçu e 2007e gostei tanto que estou me preparando pra voltar em julho de 2021 se assim Deus permitir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *