Autor do artigo: Barbara Jayane

Réveillon em Foz do Iguaçu

Já percebeu como cada ano tem passado mais rápido que o outro? Parece que o relógio está correndo e até os dias têm sido menores. Eu não sei se isso é bom ou não. Afinal, as férias parecem chegar mais rápido. Mas, o pouco tempo diário, parece não ser suficiente para dar conta de terminar todo o trabalho programado na semana. Já pensou em passar o Réveillon em Foz do Iguaçu.

Enfim, já estamos no final de agosto (o mês mais longo do ano, mas que parece ter passado mais rápido que o comum) e o fim de ano está se aproximando. Então, vou te dar uma dica: é melhor ir se preparando e programando o seu final de ano em Foz. Afinal, com os dias passando tão rápido, deixar para organizar de última hora, não é uma boa ideia e você pode perder a chance de conseguir um lugarzinho legal para passar a virada do ano. E te digo, a procura tem sido grande, então, é melhor se apressar.

E para clarear suas ideias, vou separar algumas opções para você passar a virada em grande estilo. Já adianto que tem muita diversidade e festas e ceias para todos os gostos. Vem passar o Réveillon em Foz do Iguaçu!

 

Ceia de Réveillon em Hotéis

 

Para quem prefere a tranquilidade de se hospedar em um bom hotel e ter a ceia no mesmo local, sem precisar se locomover durante a “bagunça” do fim de ano, opções não faltam. 

  • Hotel Bourbon: Um hotel perfeito para quem vem com as crianças, pois além do Espaço Turma da Mônica e os espaços Gourmet para aproveitar antes do Réveillon, o hotel terá uma deliciosa ceia com direito à show de fogos.  
  • Hotel Rafain Centro: Já mostrei um pouquinho do que o Hotel Rafain Centro tem para oferecer, em um vídeo lá no canal que você pode ver clicando aqui. A partir do dia 28/12 o Rafain Centro terá jantares com comidas típicas todos os dias, até a ceia da virada, que contará com música ao vivo até à 1h30.
  • Hotel Wish Resort: Um dos mais belos hotéis de Foz do Iguaçu, com uma bela arquitetura e muito verde, o Wish Resort terá um Réveillon à sua altura, também com queima de fogos para a chegada do ano novo.
  • Hotel Golden Park: Com tradição na cidade de Foz do Iguaçu, o Hotel Golden Park tem localização central, ótimo para quem tem uma agenda cheia de atrativos antes do Réveillon, que será regado por uma ceia farta e um espetáculo de fogos de artifício.  

 

Réveillon com festa

 

Não faltam opções também, para quem quer comer uma comida deliciosa antes do ponteiro marcar 00h e depois dançar até amanhecer com uma boa festa. 

  • Quinta das Marias: um espaço especialmente reservado para festas, a Quinta das Marias já tem grande experiências em fazer lindos eventos. O Réveillon 2020 não será diferente. Com uma ceia completa, show pirotécnico e banda show após a 00h, seu 2020 vai começar muito melhor. 
  • Hotel Rafain Palace: O Réveillon mais famoso de Foz do Iguaçu acontece mais uma vez e te espera para desfrutar de um verdadeiro banquete. Além de muita comida, o Rafain Palace mantém a tradição do Réveillon temático para a virada de ano, com muita suntuosidade e banda ao vivo durante toda a madrugada.
  • Blue Park: Quem disse que Foz do Iguaçu não tem praia? O Blue Park tem a terceira maior praia termal com ondas do mundo e faz parte da rede de Hotéis Mabu. Pelo segundo ano consecutivo o parque terá um Réveillon. Além de mesa de petiscos durante 2h, queima de fogos e Champagne Baby para brindar, quem escolher o Blue Park para comemorar 2020, poderá pular as 7 ondinhas e ainda ter um show exclusivo da banda Melim e festa com DJ até raiar o dia. 

 

Confira como reservar Foz do Iguaçu com a Loumar Turismo:

Bônus para o dia 1º de janeiro 

Depois de curtir muito a virada, você merece um dia de qualidade para começar 2020 com o pé direito. E eu não poderia deixar de dar a minha dica, o Brunch do Hotel Bella Itália. O Hotel Bella Itália é muito conhecido por sua Noite Italiana que oferece rodízio de massas, um buffet variado, vinhos diversos e a maior mesa de queijos do Brasil. Mas o diferencial do Bella Itália, é que ele oferece um Brunch de ano novo super requintado. Essa é uma opção para você que gosta de algo diferenciado e que aproveitar muito bem o primeiro dia do ano. 

 

Foz do Iguaçu tem muito mais opções para você que vem comemorar o final de ano em nossa terrinha. Não se limite apenas à essas que eu indiquei. Temos muito mais para oferecer à você. É só pesquisar e se adiantar na programação. Com dúvida ou sem dúvida, chame um Especialista em Foz. Assim, você terá mais facilidade na hora de escolher o evento certo para o seu estilo e ainda vai ter os melhores preços disponíveis para parcelamento em até 10x sem juros. 

Venha curtir o Réveillon em Foz do Iguaçu e renovar as energias! 

RESERVAR COM UM ESPECIALISTA

Youtube Loumar

Acessibilidade em Foz do Iguaçu

Decidi abordar este tema como texto aqui do blog depois que uma cliente fez um questionamento sobre acessibilidade no passeio de Compras no Paraguai, em um dos nossos grupos no Whatsapp. 

Parei e pensei o quanto pessoas com deficiência (PcD) e pessoas com mobilidade reduzida têm dificuldade na hora de encontrar informações sobre acessibilidade nos locais por onde planejam viajar. 

É importante dizer que para escrever esse texto, infelizmente não contei com alguma PcD para que pudesse me descrever com seu próprio olhar as dificuldades encontradas, ou não, nos locais apresentados da lista abaixo. Então, por ora, descreverei o que eu, como pessoa sem nenhuma necessidade, vejo sobre acessibilidade em Foz do Iguaçu e informações compartilhadas por nossos Especialistas em Foz

Provavelmente, você chegou até aqui depois de ter digitado no Google: “acessibilidade em Foz do Iguaçu”. E isso é muito bom, sabe por quê? Porque, até então, durante uma pesquisa na internet – para ter um embasamento maior na hora de trazer essas informações para vocês – fiquei extremamente triste por não encontrar boas informações que pudessem ser acrescentadas neste texto. E veja pelo lado bom: agora você tem este texto para te auxiliar. 

Então vamos lá! Vou tentar explicar do meu jeitinho como é a acessibilidade em Foz do Iguaçu.

ATRATIVOS

Cataratas do Iguaçu – lado brasileiro

O passeio inicia no ônibus que leva até as quedas, todos os ônibus no interior do parque são adaptados para cadeira de rodas. No primeiro ponto de parada, em frente ao Hotel Belmond, você seguirá por uma rampa até acessar o antigo heliponto, tendo uma visão panorâmica. Essa não será a sua parada principal, devendo assim retornar ao ponto para pegar outro ônibus e descer na próxima estação, chamada de Espaço Naipi. Após a descida pelas rampas, você chegará em um mirante acima das quedas. Este local possui dois elevadores que te levam para a parte inferior, onde há um mirante e, também, as passarelas acima do rio que levam para contemplar a Garganta do Diabo. Para ir até o ponto de parada do ônibus de retorno (Espaço Porto Canoas), você deverá  retornar pelo mesmo caminho e usar o elevador novamente. Do Espaço Naipi até o Porto Canoas não é uma longa distância. No local há um restaurante com o mesmo nome e também banheiros acessíveis.  

Atenção! Algumas rampas são longas e íngremes, você pode precisar de auxílio se não tiver muita habilidade com a cadeira de rodas. 

Adicional: Um dos passeios mais conhecidos dentro do Parque Nacional, o Macuco Safari, é adaptado para PcD. Com rampas e elevadores, o turista é levado até o barco em segurança. 

 

Cataratas do Iguaçu – lado argentino

O lado argentino possui 3 trilhas. Uma delas, a inferior, não é adaptada, pois é formada por muitas escadas. As demais, estão liberadas para acesso de PcD, pois são trilhas planas. Lembrando que a passarela principal possui 3 km ida e volta, sendo aconselhável seguir com auxílio, devido sua longa extensão. Ao menos que você possua um ótimo condicionamento físico para empurrar a cadeira sozinho. Ah, o mesmo vale para a passarela superior. Vale enfatizar também, que o parque fornece uma cadeira especial para maior segurança do cadeirante, pois as trilhas são suspensas, de ferro e vazadas, então uma cadeira normal pode ter um pouquinho mais de dificuldade. Mas, a escolha fica a critério da PcD, pois não é obrigatório a utilização da cadeira fornecida pelo parque. 

 

Parque das Aves

Todo o passeio é feito por trilhas, porém as mesmas são planas e estruturadas. Tanto papais com carrinhos de bebê, quanto cadeirantes, tem total acessibilidade. Há muitas placas de sinalizações e pontos de acessibilidade para PcD. Não há subidas íngremes, exceto no viveiro das aves de rios e mangues, lá você precisará de auxílio para subir na passarela elevada.

 

 

Itaipu

Itaipu é um exemplo a ser seguido quando falamos em acessibilidade. Talvez esse seja o ponto turístico mais bem estruturado quando falamos deste assunto. Há vagas de estacionamento específicas, guichês rebaixados, rampas e elevadores de acesso por todos os lados, bebedouro rebaixado, vagas reservadas no mirante central, ingresso com desconto, e outros. Itaipu respira acessibilidade. 

 

Adicional: Itaipu tem uma variedade de passeios internos e outros que fazem parte da Itaipu, mas que ficam em outro local, como o Refúgio Biológico Bela Vista e o Ecomuseu. No Refúgio Biológico, há acessibilidade na trilha e também no percurso com a carretinha que é possível ser realizado por PcD, por dispor de espaço para fixação da cadeira de rodas. O Ecomuseu também é todo adaptado e acessível. 

https://www.instagram.com/p/Bn_QIt4htY-/?utm_source=ig_web_options_share_sheet

 

Skydive

A Skydive é uma escola de paraquedismo de Foz do Iguaçu, completamente qualificada, que já fez saltos com PcD. Quem sabe essa seja a oportunidade de se aventurar em algo diferente, contemplando Foz do Iguaçu do alto. Vale a pena conversar com a equipe para ver a possibilidade do salto. 

https://www.instagram.com/p/BoIBD-YHYgG/?utm_source=ig_web_options_share_sheet

 

Marco das Três Fronteiras

Na entrada principal, há uma rampa de acesso ao local, que é um show de arquitetura. De fácil acesso, o Marco das Três Fronteiras tem seu terreno com poucos aclives e o cadeirante pode explorar o local por conta própria.

 

Mesquita Omar Ibn All-Khattab

A mesquita é um símbolo da religião muçulmana e possui uma arquitetura suntuosa. O acesso para cadeirantes é feito através de rampas na lateral do local. Ao chegar na mesquita solicite ao segurança da portaria, por onde é o acesso. 

https://www.instagram.com/p/Bx3AbwPhsIl/?utm_source=ig_web_copy_link

 

Complexo Dreamland

O complexo Dreamland comporta vários atrativos em um só: Maravilhas do Mundo, Museu de Cera, Vale dos Dinossauros e Dreams Ice Bar. Todos os passeios do Complexo são adaptados com rampas de acesso e banheiros. Apenas o atrativo Maravilhas do Mundo que fica em um segundo andar, não possui rampas de acesso, mas o cadeirante pode conhecer o local utilizando o elevador próprio para PcD. Caso haja pessoas com mobilidade reduzida ou que necessitem de cadeira de rodas, o Complexo também disponibiliza o acessório para o turista, assim como carrinho de bebê para os pais que estiverem com crianças e acharem mais cômodo utilizar.  

 

HOTÉIS

 

 

Hotel Bella Itália

O hotel é ótimo e bem localizado. Todo envolto pela cultura italiana, o hotel possui acessibilidade, quartos bem adaptados e banheiro grande com barras de apoio e cadeira de banho.  

 

Ibis Budget

O Ibis Budget é conhecido pela proposta urbana e econômica. Mas se engana quem pensa que por isso o hotel não tem acessibilidade. O Ibis Budget, próximo ao Cataratas JL Shopping, possui pouco mais que 10 (dez) apartamentos adaptados, garantindo a acessibilidade, principalmente em alta temporada.

 

Hotel Bogari

Localizado no início da Avenida Brasil, umas das principais avenidas da cidade. O Hotel Bogari é 100% acessível para cadeirantes, recepção, restaurante, área de café da manhã e outros. Possui 6 (seis) apartamentos adaptados com portas largas e banheiros com barras de apoio. Conhecido pelo seu ótimo café da manhã, limpeza e cordialidade no atendimento, esse é um hotel muito qualificado. 

 

 

Rafain Centro

O Hotel Rafain Centro é um dos mais conhecidos de Foz do Iguaçu. Bem localizado, em região central e próximo a mercados, restaurantes e farmácias, o hotel também possui quartos adaptados e pode ser uma boa opção. 

 

TRANSPORTE

 

É claro que nós, da Loumar Turismo, não poderíamos estar fora da lista. Nos importamos com a acessibilidade e, por isso, a Loumar Turismo tem van adaptada para PcD sim! Nossa van permite que o cadeirante embarque junto com os demais passageiros, fazendo com que ele possa interagir com o grupo e acompanhar a explicação do guia durante o trajeto, como todos os outros integrantes. 

 

Para finalizar e te tranquilizar, eu digo quem em 2016, o Ministério do Turismo informou que Foz do Iguaçu é um dos destinos mais acessíveis. Na notícia divulgada pelo Clickfoz, o ministério apontou Foz do Iguaçu dentre uma lista de 5 cidades consideradas boas para turistas com alguma deficiência. 

Bom, é isso. Eu espero que esse texto tenha te ajudado de alguma forma e que você tenha uma experiência incrível em Foz do Iguaçu. Que a cidade supere suas expectativas e que te atenda da melhor forma possível, como todos devem ser tratados. Para você, uma ótima viagem. Te esperamos em Foz do Iguaçu!

P.S: Quer dicas sobre tudo em Foz do Iguaçu? Então dá uma olhadinha no nosso Canal do Youtube. Postamos por lá, semanalmente, vídeos de temas variados que podem te auxiliar em algum momento. ❤

Conhecendo Foz do Iguaçu como um local

Muita gente vê Foz do Iguaçu somente com Cataratas e Itaipu, e aquela dúvida do que fazer além disso, ainda norteia alguns turistas.

Em outro post aqui no Blog, eu falei um pouco sobre transportes e as formas para se locomover em Foz do Iguaçu. Não viu? Então clica aqui pra dar uma lida. 

Agora que você já tem embasamento por conta do outro texto e já tem diversas opções sobre transportes, eu vou falar um pouquinho do que dá pra aproveitar na cidade além do clichê Cataratas, Parque das Aves, Compras no Paraguai e Itaipu. Mas não vou falar sobre turismo não, vou falar sobre aproveitar Foz do Iguaçu como um local. Informações privilegiadas e muito úteis que não se encontra em pesquisas na internet, pois só um verdadeiro morador saberia te contar. Esse texto aqui é perfeito pra você que adora se integrar com o ambiente da viagem, conhecer gente nova e a cultura local. 

Então vamos lá!

A primeira dica que eu dou é: descubra a agenda local e vá em festas realizadas em hostels da cidade. O site de notícias Clickfoz, por exemplo, publica toda quinta-feira a Agenda Cultural, com as principais atrações que rolam na cidade. As festas aqui nos hostels da cidade costumam ter coletivos de brechós, exposições de artistas, food trucks, bandas e diversão garantida. É um ótimo lugar para trocar experiências e conhecer a galera da cidade ou outros turistas. No final, vocês podem até se tornar colegas em uma outra viagem. Já aconteceu comigo e pode acontecer com você também!

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Tetris Hostel at Iguassu Falls (@tetriscontainerhostel) em

 

Outro lugar delícia para aproveitar uma manhã agradável é a Feirinha da JK, que acontece todos os domingos na avenida que dá o seu nome: Juscelino Kubitschek. Na extensão de toda a pista da avenida, é possível encontrar barraquinhas de produtores locais que vendem suas delícias, provar o Bubble Tea feito por coreanos  que vivem na cidade há anos, ou comer um delicioso pastel com caldo de cana, que é o mais disputado no local. Na extensão da feira você vai caminhar ao lado de muitos doguinhos. As pessoas costumam levar seus pets para se divertirem lá e muitas vezes tem até barraquinhas de adoção. Depois, você pode descansar na grama que fica por ali mesmo e talvez ter a sorte de assistir alguma apresentação aleatória que sempre rola no gramadinho. Esse lugar é só amor. ❤

 

 

Outra feira muito bacana é a da Soulorgânico, que acontece sempre às quintas-feiras no bairro Vila Yolanda, em uma casinha de madeira super fofa e aconchegante. Lá, tem venda de produtos de produtores locais, sendo tudo orgânico, tem também oficinas com assuntos dentro desse tema, como alimentos que curam, bioconstrução, jardinagem e tem a possibilidade de provar algumas delícias lá mesmo e trocar experiências, pois é uma das melhores coisas que o local proporciona. Atualmente o local está em obras, e está em funcionamento apenas as oficinas, mas a feirinha abrirá novamente no final do ano (2019), no verão. 

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por SouLocal (@soulocalbr) em

 

Saindo do roteiro das feirinhas, recentemente, uma das avenidas mais bonitas de Foz, a Avenida Paraná, foi bloqueada para o tráfego de veículos aos domingos, das 8h às 13h. Agora, com o espaço liberado, os moradores da cidade fazem suas atividades físicas e exploram o local com várias outras atividades. É uma boa passar por lá e dar uma relaxada ou fazer seu exercício, se você é um daqueles que não abandona a atividade física nem na viagem.

 

Agora, vamos para outro lado da cidade. Já ouviu falar do CEAEC? Se você é curioso e adora ter novas experiências, então é um lugar que você precisa conhecer. O CEAEC é o Centro de Altos Estudos da Conscienciologia. É um espaço voltado à autopesquisa e autoconhecimento. Fica localizado no bairro Cognópolis, ao lado do hotel Mabu Interludium. Mantido por cerca de 800 pesquisadores de várias partes do mundo, o CEAEC destaca-se com suas atividades de dinâmicas e cursos de imersão parapsíquica, laboratórios de autopesquisa e diversas atividades realizadas pelos pesquisadores. Interessante, não é mesmo? O local é aberto ao público em geral e gratuito para visitação. 

 

 

Em outra extremidade, na Vila A, temos o Gramadão. Como o nome já diz, um enorme gramado, que serve para diversas famílias curtirem um final de tarde tranquilo. Além do lindo pôr-do-sol que você pode ter a sorte de ver por lá (pois o local fica em um ponto alto da cidade), é possível ficar na dúvida na hora de escolher o que comer por conta de tantos food trucks ao redor do gramado. Mas se sua vontade não for de comer nos carrinhos, não tem problema, próximo dali, é possível tomar um café em uma das cafeterias mais charmosas da cidade, a Grãos e Gente, ou ir provar uma pizza deliciosa em uma das pizzarias com o cardápio mais variado da cidade, a Dom Garcia. Hmmmm, deu até uma fominha, não deu?

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Milner Alvarenga (@milneralvg) em

 

E os bares de Foz do Iguaçu? Não dá pra deixar de fora. Começaremos pela Av. Jorge Schimmelpfeng, que é a mais badalada e gastronômica. Vou listar aqui apenas algumas opções que você encontra por lá:

  • ParkFoz Steakhouse: É o lugar perfeito pra quem ama carnes. O menu tem muita opção de carnes nobres.
  • Rock Falls: Anexo ao ParkFoz, o Rock Falls tem 25 tipos diferentes de chopp artesanal e sempre rola uma bandinha de rock fazendo um som leve.
  • Capitão Bar: É um bar que costuma ter música ao vivo ou dj, com um estilo mais mais alternativo, tem um cardápio bem variado e ótimos drinks. 
  • Rafain Chopp: O Rafain Chopp costuma atrair bastante turistas e tem sempre música ao vivo no ritmo sertanejo. 
  • Taj Bar: Com uma gastronomia indo-asiático e comida japonesa, o Taj também traz dj’s e as vezes rola uma baladinha no local.

Se ficou curioso, é só dar um pulinho no nosso Vlog. Lá, você vai encontrar vídeos sobre alguns destes bares e restaurantes. Dá uma olhadinha neste que a Thallen fez lá no ParkFoz:

 

Pulamos agora para a Av. das Cataratas:

 

  • Eden Steak Garden & Chopperia: Lugar animado, com gente jovem e um cardápio todo original, além da ótima carta de chopp artesanal. 
  • Zeppelin Old Bar: Um pub super bacana, com cardápio sensacional. Tem atrações todos os dias, menos no domingo e segunda-feira, quando o pub está fechado. Dica: tem promoção no cardápio nas terças-feiras.
  • Falls Food Park: Literalmente uma praça de alimentação ao ar livre, mas coberta, então não se preocupe se estiver chovendo. No Falls Food Park você encontra vários containers que vendem diversos tipos de comida. Um lugar bem familiar e ótimo pra quem está com criança, por conta do Espaço Kids.

 

Aqui, um vídeo mostrando um pouquinho do Falls Food Park:

 

Ufa! Por hoje é só!

Espero que tenham gostado das dicas. Foz do Iguaçu é uma cidade preparada pra te agradar de todas as formas e tem opção pra todo mundo. Nada melhor do que viajar e conhecer a cidade além do turismo. 

 

E se pegar algumas das dicas que eu dei nesses texto, não esquece de contar pra gente o que achou. Vamos esperar seu feedback!

Quais os meios de transporte em Foz do Iguaçu?

Foz do Iguaçu é uma cidade de interior relativamente pequena em relação aos outros pólos turísticos. Mas é aí que mora uma das grandes vantagens: aqui você tem a facilidade na hora de ir e vir, aumentando as possibilidades de um roteiro completo e curto, garantindo que você conheça boas atrações e gaste menos do que em outros destinos conhecidos. 

O transporte em Foz do Iguaçu é uma parte importante nas decisões que você deve tomar, pois há várias opções que podem garantir que seu roteiro se mantenha em ordem. Vou falar brevemente sobre as opções disponíveis na cidade, para você:

  • Transporte público: Liga os principais pontos turísticos ou outros locais que você queira conhecer e que também não sejam turísticos por um preço “okay” e você pode monitorar os horários e rotas pelo aplicativo Moovit. Então se você tem um tempo considerável para conhecer os atrativos, utilizar o transporte público pode ser uma boa saída pra quem quer economizar no transporte. 
Foto: Kiko Sierich

Foto: Kiko Sierich

  • Aluguel de carro: Lhe dá um conforto e facilidade caso você queira alterar o roteiro, afinal, você está no controle do destino. A Igufoz é uma ótima opção e é parceira da Loumar Turismo. Também é a única locadora de Foz do Iguaçu que possui frota autorizada a fazer a travessia para Puerto Iguazú, na Argentina. Sem contar com os opcionais, como cadeirinha para criança, acessório para bike e outros.  

 

15129573_1813950515511558_1704879678890480574_o

 

  • Uber/ Pop 99 e outros: Esses serviços já rodam na cidade à algum tempo, e funcionam perfeitamente, exceto durante a madrugada, horário mais precário na hora de encontrar um motorista. Fora esse detalhe, essa é uma boa opção para economizar, já que o táxi tem o valor elevado, principalmente se tratando de região turística.
Foto: Dariusz Sankowski

Foto: Dariusz Sankowski

 

  • Agência de turismo em Foz: Contratar um serviço de agência receptiva com certeza é uma das melhores opções, pois a sua segurança é garantida, principalmente se você tem o Paraguai no seu roteiro. Nós, da Loumar Turismo temos o Transflix, que muitas vezes sai mais em conta que aplicativos de mobilidade urbana ou táxi. Com ele você paga uma única vez e utiliza o serviço para ir em vários atrativos da cidade durante 7 dias.

 

  • Limousine: Quem nunca sonhou em dar uma voltinha de limousine hein? Em Foz do Iguaçu a empresa Limofalls presta serviços de aluguel para momentos especiais e variados, ou até mesmo para fazer translado. Pode não ser sua opção principal para todos os trechos, mas vai que você decide dar só uma voltinha para experimentar essa nova experiência. 

https://www.facebook.com/limofallsexperience/

 

Bom, agora que você já sabe quais meios de locomoção podem ser utilizados em Foz do Iguaçu, é só falar com nossos Especialistas em Foz para te ajudar com o roteiro e com a compra dos ingressos para os atrativos. 

E se quiser bater um papo e saber de experiências de outros turistas, assim como você, é só entrar no nosso grupo de Whatsapp clicando aqui. 

 

Youtube Loumar

Roteiro de 7 dias em Foz do Iguaçu. Por nossa Convidada, Ariadne.

Se você está ligado nas nossas redes sociais, então já deve saber dos nossos grupos de Whatsapp. Lá, não só nós, Loumarianos, como clientes e apaixonados por Foz do Iguaçu, sempre contam suas histórias, compartilhamos dicas e conversamos diariamente sobre o destino.

Muitos de nossos clientes ingressam no grupo, meses antes da viagem, ou até mesmo sem data marcada para embarcar, e ficam por lá mesmo depois do retorno para casa. Constantemente, recebemos feedback e relatos de como foi a viagem à Foz, e um desses relatos foi o da Ariadne, que veio lá de Bauru – SP, para conhecer nossa terrinha.

No mês de maio, Ariadne compartilhou conosco o seu roteiro (ótimo por sinal) de 7 dias em Foz do Iguaçu. E hoje, vamos registrar aqui o roteiro que ela descreveu em nosso grupo, justamente para ajudar a montar o seu.

Mas, de início não poderíamos deixar de comentar que Ariadne adorou a cidade, que classificou como “cidade maravilhosa e cheia de riquezas”. Junto com o seu companheiro, fecharam o Transflix e o pacote de passeios com a Ana, nossa Especialista em Foz.

 1º dia em Foz do Iguaçu:
Como no primeiro dia chegaram à tarde, o passeio incluído para não perder o dia foi o Marco das Três Fronteiras, que foi indicado pela Ari por sua estrutura linda, iluminação e shows temáticos.

WhatsApp Image 2019-05-17 at 11.49.32

 

2º dia em Foz do Iguaçu:
Na lista do segundo dia, estava a Visita Panorâmica na Itaipu, que encantou o casal com a história do local. O Parque das Aves foi apaixonante para ela, pois ama animais e ao saber que o Parque faz o trabalho de conservação das aves, ficou encantada. Já nas Cataratas (lado brasileiro), o passeio foi no fim da tarde. Fecharam o dia com a Noite Italiana do Hotel Bella Itália, dizendo sobre o jantar: “show é 10 (…) a comida é muito farta”.

WhatsApp Image 2019-05-17 at 11.49.36 WhatsApp Image 2019-05-17 at 11.49.52 WhatsApp Image 2019-05-17 at 11.50.35

 

3º dia em Foz  do Iguaçu:
No terceiro dia, Ariadne foi ao Refúgio Biológico e contou no grupo que o Refúgio não é um zoológico, e sim um local direcionado à educação e respeito com a natureza. No mesmo dia, ela e seu companheiro fizeram o City Tour Puerto Iguazú (Argentina) e aproveitaram para comprar muito azeite e azeitonas na feirinha. 

WhatsApp Image 2019-05-17 at 11.54.13 WhatsApp Image 2019-05-17 at 11.55.12

Leia mais

« Página Anterior