Tag do artigo: Compras no Paraguai

NOVA COTA DE US$ 500 NO PARAGUAI

Desde o dia 1 de janeiro deste ano, o limite de isenção de impostos para compras, também conhecido como “cota”,  para quem atravessa a fronteira por via terrestre passou de US$300 para US$500.

De repente, ganhamos o direito de adquirir mais produtos, mas é preciso lembrar das regras de limites quantitativos, aquelas que impõem regras sobre a quantidade de itens idênticos e com mesma finalidade que podemos adquirir, mas que quase ninguém lembra. Quando esses limites quantitativos são ultrapassados, suas compras podem ser classificadas como “para fins comerciais” e quando isso acontece, você pode perder o direito ao limite de isenção de imposto e até mesmo ter suas compras adquiridas no exterior apreendidas. 

Mesmo com o aumento da cota, boa parte das regras de limites quantitativos se mantiveram inalteradas, mas fique atento porque algumas foram reduzidas.

 

Vamos lembrar como eram antes?

Dentro do limite da antiga cota de US$300, alguns produtos possuíam restrições de quantidade, e outros tinham sua quantidade definida pelo valor. Veja o exemplo abaixo:

 

  • Bebidas Alcoólicas: 12 litros
  • Cigarros estrangeiros: 10 maços
  • Charutos ou cigarrilhas: 25 unidades
  • Fumo: 250 gramas
  • Bens com valor até US$10: até 20 unidades e no máximo 10 idênticos
  • Bens com valor acima de US$10: até 20 unidades e no máximo 03 idênticos

 

Como ficou agora…

Os itens com quantidades restritas permanecem os mesmos, porém, o valor que limita a quantidade dos itens indefinidos mudou. Veja como ficou agora:

 

  • Bebidas Alcoólicas: 12 litros
  • Cigarros estrangeiros: 10 maços
  • Charutos ou cigarrilhas: 25 unidades
  • Fumo: 250 gramas
  • Bens com valor até US$5: até 20 unidades e no máximo 10 idênticos
  • Bens com valor acima de US$5: até 10 unidades e no máximo 03 idênticos

 

Veja no quadro abaixo a comparação entre o “antes”e o “agora”:

 

Tabela nova cota US$ 500

 

 

Outra cota de isenção que sofreu alteração e tem confundido muitos viajantes é a famosa cota de compra dos free shops.

É preciso lembrar que agora temos duas modalidades de free shops aqui no Brasil:

 

Free Shops de Aeroporto

Nos free shops de aeroporto, aqueles que a gente tem acesso geralmente no setor internacional quando voltamos de uma viagem ao exterior, a cota era de US$500 e desde de 01 de janeiro deste ano, passou a ser de US$1.000.

 

Free Shops de Fronteira

Agora, temos também a opção de free shops de fronteira, que funcionam em cidades brasileiras que fazem fronteira com outros países do Mercosul. 

Embora a cota dos free shops de aeroporto tenha aumentado, bem como a cota para compras no exterior via aérea e/ou marítima (de US$500 para US$1.000) e compras no exterior via terrestre, que é o caso de quem viaja a Foz do Iguaçu para ir às compras no Paraguai (de US$300 para US$500), a cota para compras nos free shops de fronteira não sofreu alteração e continua sendo de U$300.

 

Aqui em Foz do Iguaçu, além da opção de compras no Paraguai, temos dois free shops de fronteira. Um deles deve ser aberto ao público em no máximo 30 dias enquanto o outro ainda aguarda liberação para funcionamento. Nesses free shops, quem viaja a Foz do Iguaçu poderá adquirir US$300 sem interferir na cota de US$500 das compras no Paraguai.

Aqui, também temos a opção de fazer compras no Duty Free Shopping, na fronteira com a Argentina, porém, as compras feitas neste, por estar instalado no território argentino (ou seja, fora do Brasil) não são beneficiadas pelo regime de isenção de compras dos Free Shops terrestres. Compras feitas no Duty Free Shopping da Argentina interferem no limite de compras de U$500. 

 

Vamos ao resuminho:

Viajando para Foz do Iguaçu, o viajante tem direito a isenção de impostos para compras de até US$500 (somando as compras de Ciudad Del Este e do Duty Free Shopping da Argentina) e mais US$300 em compras nos Free Shops instalados em Foz do Iguaçu, totalizando assim, U$800 de limite de isenção. 

 

Confira nosso vídeo sobre o assunto:

 

Com todo esse aumento de limite, e essas opções de “onde comprar”, separar apenas um dia para compras em seu roteiro é no mínimo arriscado. Programe-se para ter pelo menos dois dias para compras no roteiro de viagem, aproveitando assim, o que a fronteira tem de melhor a oferecer como destino de compras. 

E claro, se você pretende ir uma ou mais vezes às compras no Paraguai e Duty Free, a melhor opção de transporte é o TRANSFLIX da Loumar Turismo. O Transflix é um pacote de passeios que inclui os principais atrativos da fronteira, incluindo compras no Paraguai e Argentina, e você paga apenas uma vez e utiliza quantas vezes quiser durante o tempo de sua estadia. Para saber mais sobre Transflix, assista aos vídeos disponíveis no Canal da Loumar Turismo no Youtube. Se preferir, pode conversar com os consultores da Loumar clicando aqui. Quer economia, conforto e segurança no passeio de compras? Vai de Transflix!

 

Espero que este texto tenha esclarecido suas dúvidas, mas se restou alguma, deixa a dúvida aqui nos comentários que estaremos respondendo a todas.

10 dicas para aproveitar a Black Friday no Paraguai

Estamos há pouco mais de um mês para a Black Friday e você, que está pensando em economizar no Paraguai, precisa se preparar. 

Por isso, estou aqui para te dar algumas dicas que vão te ajudar a ficar esperto na hora de tentar garantir aquele desconto maroto e não levar a pior na Black Friday das lojas do Paraguai.  

Nas edições anteriores, as lojas do Paraguai não respeitaram dias fixos entre elas. Ou seja, cada loja fez a sua data de promoção como bem quis, mas claro, dentro do mês de novembro, que é o mês da Black Friday. Mas dessa vez, a promoção vai ser um pouco diferente. 

Segundo o Portal de Notícias Clickfoz, o comércio de Ciudad del Este (CDE) vem se reunindo para fazer a implementação da nova edição da Black Friday e garantir o sucesso da promoção. Com isso, a edição 2019 da Black Friday, reunirá os principais grupos comerciais de CDE e realizarão o evento do dia 14 a 17 de novembro.

Sendo assim, sabendo das datas, fica ainda mais fácil se programar. Mas, é necessário também, ficar de olho nas redes sociais das empresas que você pretende comprar, e verificar se eles não irão estender a promoção, ou realizar outras durante o mês de novembro. 

 

Leia mais

Sobre isenção de impostos (TAX FREE) para brasileiros no Paraguai

Desde 1º de abril de 2017, está em vigor uma resolução do Governo do Paraguai para compras acima de US$ 100 nas lojas em Ciudad del Este. A partir desta data, em todas as compras acima deste valor o cliente terá o documento de identidade copiado ou escaneado pelo funcionário que estiver recebendo o pagamento do cliente para anexar na nota de compra.

O Paraguai é um país que adota o sistema de tributação única – IVA – Imposto sobre Valor Agregado. Para os clientes estrangeiros (não residentes no Paraguai) não há necessidade de pagamento do IVA (que é de 10% sobre o valor do produto). 

De acordo com a regulamentação Nº 108 do Regime de Turismo e Decreto Nº 6.406/2005, para tal isenção, é necessário apresentar o documento de identificação com foto para cadastramento. Muitas lojas já estavam cumprindo esta determinação desde que ela entrou em vigência, porém, sem observar todos os critérios, como o dos documentos reconhecidos pelo governo. Durante todo este período, foi aceito entre outros documentos a CNH brasileira para isso, mas o Governo do Paraguai já enviou notificação às lojas informando que as lojas não devem aceitar outro documento que não seja o RG civil ou o Passaporte e as lojas que insistirem neste erro serão punidas com multa.

Documentos obrigatórios para compras no Paraguai
O porte de Carteira de Identidade Civil (RG) original ou passaporte para atravessar a fronteira é obrigatório a todos, inclusive para crianças de qualquer idade. São recusadas cópias autenticadas, certidão de nascimento ou documentos como CNH e carteiras profissionais e/ou classistas.

Menores de 18 anos deverão estar acompanhados pelo pai e pela mãe, no caso da ausência de alguma das partes, o menor deverá portar uma autorização de viagem internacional confeccionada em duas vias e assinado pelo ausente, com firma reconhecida em cartório.

Caso o cliente que não autorize a cópia do RG
Algumas pessoas podem ter receio de terem o documento de identidade copiado pelos funcionários das lojas, temendo que posteriormente seus dados sejam utilizados para outros fins, mas os dados do comprador não permanecem em poder da loja, eles são enviados para a Subsecretaria de Estado de Tributação (S.E.T) para comprovação de venda a não residentes no Paraguai, e estes dados também não são compartilhados com o Governo do Brasil.

Vale destacar que o cliente que se negar a ter o documento copiado, perderá o benefício de isenção do IVA e pagará o valor total do produto sem a isenção do imposto. 

Lembramos que esta é uma determinação oficial do Governo Federal do Paraguai e todas as lojas que atuam legalmente na cidade são obrigadas a justificar a não cobrança do imposto anexando o documento do estrangeiro que se beneficiou com a isenção.

Para garantir a melhor experiência em compras no Paraguai
Como anfitriões, nosso dever é garantir a melhor experiência de nossos convidados em sua estadia na cidade, e isso inclui a experiência de compras no Paraguai.

Loumarianos, não se esqueçam de incentivar nossos Convidados (passageiros) a sempre levar o RG civil para as compras no Paraguai e lembre-o que esta é a única forma de garantir o benefício da isenção “TAX FREE” do imposto IVA.

Youtube Loumar

VALE A PENA COMPRAR OS NOVOS SAMSUNG S10 NO BRASIL?

O Blog da Loumar acompanhou o lançamento oficial dos novos modelos da gigante sul-coreana no Brasil e fez a comparação para você.

Disponíveis em Ciudad Del Este desde o final de fevereiro – o que surpreendeu até mesmo os sul-coreanos da Samsung, como já havíamos contado aqui no blog – os novos Samsung Galaxy S10 foram apresentados nesta terça-feira (12), em evento na sede da Samsung em São Paulo.

Como já é de praxe, preparamos uma pequena comparação para facilitar sua decisão entre esperar até dia 06 de abril, data anunciada pela Samsung para início das vendas em lojas físicas de todo o Brasil ou aproveitar aquela promoção de passagens aéreas e as milhas acumuladas para passar um fim de semana em Foz e de quebra, adquirir o novo celular nas lojas de Ciudad del Este.

Veja abaixo a tabela comparativa que leva em conta apenas os três modelos anunciados pela gigante coreana no evento em São Paulo:

 

TABELA COMPARATIVA SAMSUNG S10 SERIES BRASIL X PARAGUAI

GALAXY S10

GALAXY S10+

GALAXY S10e

TELA

6,1″ HD+S.AMOLED CURVO 6,4″ HD+S.AMOLED CURVO

5,8″ FHD+S.AMOLED PLANO

PROCESSADOR

OCTA-CORE (2,8 GHZ) OCTA-CORE (2,8 GHZ) OCTA-CORE (2,8 GHZ)

MEMÓRIA RAM

8GB

8 GB

6 GB

ARMAZENAMENTO 128 GB

128 GB

128 GB

CÂMERA TRASEIRA

TRIPLA 45°12MP, 77°12MP, 123°16MP

TRIPLA 45°12MP, 77°12MP, 123°16MP

DUPLA 77° 12MP, 123° 16MP

CÂMERA FRONTAL

10 MP, F/1.9, 80°

DUPLA 80° 10MP, 90° 08MP

10 MP, F/1.9, 80°

BATERIA

3.400 MAH

4.100 MAH

3.100 MAH

SISTEMA

ANDROID 9 PIE

ANDROID 9 PIE

ANDROID 9 PIE

PREÇO BRASIL

R$ 4.999,00

R$ 5.499,00

R$ 4.299,00
PREÇO PARAGUAI R$ 3.222,00 R$ 3.654,00

R$ 2.680,00

Para fazer a comparação, utilizamos os valores que a Samsung divulgou durante a apresentação dos novos modelos em São Paulo como “valor sugerido de venda” no Brasil. Já os valores paraguaios, são referentes à média de preços encontrados durante uma pesquisa que fizemos nas dez principais lojas de Ciudad Del Este que possuíam os modelos em estoque durante a edição deste texto, a taxa de conversão de câmbio utilizada foi U$1,00 = R$3,94. Utilizamos apenas as configurações básicas de cada um dos modelos como referência para a pesquisa.

galaxy s10 comprando no paraguai

ECONOMIZE NO PARAGUAI
À favor das lojas de Ciudad Del Este, os valores dos aparelhos chegam a custar até 40% menos que os valores sugeridos para venda no Brasil. Contra, pesa a questão da garantia, que ao contrário do celulares da americana Apple, não possuem a cobertura global e só recebem assistência técnica no país onde foram adquiridos.

A diferença de valores entre Brasil e Paraguai chega a ser maior que o valor de uma diária de hotel + passagem aérea ida e volta saindo das principais capitais da região sul, sudeste e centro-oeste com destino a Foz do Iguaçu.

Agora que nó fizemos a comparação, cabe a você decidir; esperar até abril e comprar com extrema garantia no Brasil ou pegar o primeiro avião com destino  ̶à̶ ̶f̶e̶l̶i̶c̶i̶d̶a̶d̶e̶  a Foz do Iguaçu, comprar o celular em Ciudad Del Este e de quebra curtir um dos maiores espetáculos da natureza?

Confira quantos você economiza comprando os novos aparelhos no Paraguai:
– Galaxy S10
Comprando o aparelho Galaxy S10 no Paraguai você vai economizar: R$ 1.777
– Galaxy S10+
Comprando o aparelho Galaxy S10+ no Paraguai você economiza: R$ 1.845
– Galaxy S10e
Comprando o aparelho Galaxy S10e no Paraguai você economiza: R$ 1.619

Quer economizar ainda mais em sua viagem a Foz do Iguaçu?
Então se inscreve na nossa LISTA V.I.P pois nos dias 26,27 e 28 de abril, rola a Loumar Days, nosso replay da Black Friday. Se inscrevendo na Lista V.I.P, você fica sabendo antes sobre tudo que estará em desconto e pode economizar até 50% em hospedagem, transporte, passeios, atrativos e restaurantes. Tá esperando o que? Se inscreve lá!

Youtube Loumar

Para não comprar perfumes falsificados em Ciudad del Este

perfumes no paraguai

Quando a gente pensa em Compras no Paraguai, um dos segmentos mais procurados e que geralmente apresentam maior diferença de custo do lado de lá da ponte se comparado com o Brasil, são os perfumes importados. Em se tratando do comércio de Ciudad Del Este, preço baixo não deve ser o único detalhe a ser observado antes de decidir comprar esse tipo de produto.

Para te ajudar a não comprar gato por lebre, criamos uma pequena lista de detalhes a serem observados que com certeza irão lhe ajudar a comprar um perfume original.

DESCONFIE DO MENOR PREÇO

Fazer uma pesquisa de preços antes de decidir onde comprar é primordial no Paraguai, mas fique atento, Ciudad Del Este tem muitas lojas, mas pouquíssimas importadoras. Encontrar pequenas variações de preços no mesmo produto entre uma loja e outra é “normal”, mas encontrar uma grande diferença de preço (para menos) pode ser um indício de “Produto Paralelo” ou falsificado.

Observação
Perfume Tester é aquele perfume que o fabricante envia gratuitamente (ou com um custo irrisório) para o lojista fazer a demonstração do produto. Ele não deveria ser vendido, mas em Ciudad del Este a venda de testers é comum. Tester não é falsificado, geralmente é vendido abaixo do valor de mercado e vale a pena comprar.

SE ATENTE AOS PEQUENOS DETALHES DAS EMBALAGENS

Além da caixa, os perfumes costumam vir embalados em um plástico filme transparente. Este plástico deve estar totalmente esticado e envolvido na caixa toda, sem dobras, sem rugas e nunca violado.A costura deste plástico geralmente não é larga e muitas vezes é imperceptível. Costuras largas podem ser o indício de uma falsificação.

As informações contidas nas laterais ou no fundo da caixa geralmente se apresentam em inglês ou francês. Fique atento a pequenas imperfeições em desenhos como o das flechas sobrepostas que formam um círculo e sinalizam a “embalagem ecológica” e na dúvida, use a internet da loja para baixar uma imagem da embalagem do perfume que está comprando para comparar com a que lhe está sendo entregue.

O número de lote, geralmente gravado em baixo relevo na embalagem deve ser o mesmo que consta no vidro do perfume.

Em Ciudad Del Este a maioria dos perfumes tem um selo colado por cima do plástico filme que envolve a embalagem onde consta os dados da importadora que trouxe aquele produto pra dentro do país. Os fabricantes também não economizam em papelão (aquele que impede o vidro de chacoalhar dentro da embalagem) então se o vidro se apresenta solto dentro da embalagem, isso pode ser indício de perfume falsificado.

DETALHES NO FRASCO TAMBÉM DEVEM SER CONSIDERADOS

Geralmente, o frasco do perfume é feito de vidro, com marcas e nomes detalhados no próprio vidro, sem etiquetas adesivadas. Os detalhes prensados ou estampados no vidro geralmente são simétricos e acompanham a forma do frasco. Frascos que apresentam detalhes grosseiros e diferentes espessuras podem ser um indício de perfume falsificado.

CUIDADO COM NOMES E LOGOMARCAS PARECIDAS

Muitas vezes, você não compra um perfume falsificado. Você só compra um perfume cuja embalagem, nome, cor e logomarca são extremamente parecidas com o que você realmente buscava. Os falsificadores costumam usar a mesma fonte de letra, cores e nomes de tamanho e letras iguais ao original.

Exemplo: J’adore (original) já J’Apadore (falso)

Já houve relatos de casos em que números são usados de forma tão parecida que em uma olhada rápida você leva um pensando que está levando outro.

Exemplo: 212 Sexy (original) já  717 Sexy (falso)

Leia mais de uma vez, olhe com cuidado cada detalhe da embalagem e tenha certeza que seu cérebro e seus olhos estão enxergando a mesma coisa.

COR DO LÍQUIDO

Os grandes fabricantes costumam lançar perfumes de cores claras, líquidos de cor escura podem ser o indício de excesso de corante e excesso de corante pode ser o indício de uma falsificação.

ODOR E FIXAÇÃO

Fixação é algo que muitos verificam, mas isso varia de pele para pele. Já o odor de álcool, jamais pode ser forte. Perfumes originais usam quantidades mínimas de álcool e um forte odor de álcool (mesmo depois de algum tempo na pele) pode ser um indício de perfume falsificado.

Pronto, agora você já está preparado para ir em busca das melhores fragrâncias em Ciudad Del Este, mas lembre-se: observar todos esses detalhes ajudam, mas escolher uma loja séria e que tenha tradição é sempre mais seguro.

ebook compras no paraguai

Quer saber mais sobre Compras no Paraguai? Compre agora mesmo o eBook “Compras no Paraguai – O Guia Definitivo” e vire um expert em Compras no Paraguai e Ciudad Del Este.

Youtube Loumar

« Página Anterior